quinta-feira, 30 de junho de 2011

Otanjôbi omedetô, Hiroshi Miyauchi! O Mr. Hero faz aniversário!!

Fonte: Fórum Tokubrasil.

Como todo mundo que gosta de tokusatsu sabe, muitos tokus tiveram o brilho de um adorável astro que dia 14 de junho completou 64 primaveras com saúde e disposição!

Nascido em 14 de junho de 1947 (algumas fontes apontam o ano de 1945, mas essa é a informação em seu site oficial), Hiroshi Miyauchi é provavelmente o mais importante ator da história do tokusatsu. Após terminar os estudos, foi eleito uma das novas faces da Toei em 1968. Isso lhe abriu portas, garantindo participações especiais no drama policial Key Hunter e depois em filmes de Yakuza da Toei.

Em 1973 foi escolhido para interpretar Shiro Kazami, o protagonista de Kamen Rider V3. A série tinha a missão de continuar o grande sucesso de Kamen Rider, e foi bem sucedida nesse quesito.
Além de interpretar, Miyauchi também cantou o tema da série. Miyauchi ainda retomaria o personagem em Kamen Rider X (episódios 27, 28, 33 e 34), Kamen Rider Stronger (episódios 35, 37 e 39), Sky Rider (episódios 34 e 35) e nos filmes "Zeiin shuugou! 7-nin no kamen raidâ" e Kamen Rider ZX. No filme lançado este ano em comemoração aos 40 anos da franquia, "OOO, Den-O, All Riders: Let´s Go, Kamen Riders" Miyauchi emprestou a voz ao personagem. Ainda no universo Rider, Miyauchi fez uma pequena ponta no filme Kamen Rider - The First, no papel de Tobei Tachibana, que foi interpretado nas séries clássicas pelo falecido Akiji Kobayashi).

Após V3 Miyauchi embarcou em outro sucesso inspirado em uma criação de Shotaro Ishinomori: Akira Shinmei, o Aoranger em Goranger.
Sujeito de poucas palavras, de estilo "cool", Shinmei começou a estabelecer um padrão pelo qual Miyauchi seguiria em muito dos seus trabalhos, usando roupas inspiradas em cowboys.

Logo depois de filmar os 84 episódios de Goranger, Miyauchi foi escalado para ser o herói Zubat, em uma produção da Toei transmitida pela TV Tokyo. A curiosidade é que Zubat estreou em 02 de fevereiro de 1977, enquanto Goranger ainda estava sendo transmitida pela NET (atual Asahi). Por quase dois meses Miyauchi pôde ser visto protagonizando as séries em dois canais diferentes.

Se o Aoranger tinha estabelecido o visual com que Miyauchi mais é identificado, Ken Hayakawa, o Zubat, definiu o persona fílmica dele, através de um modelo de interpretação mais exagerado, beirando a canastrice.

Mas o ano de 77 ainda reservava mais trabalho para Miyauchi.
Depois de finalizar Zubat, ele foi chamado para integrar o elenco de JAKQ, o sentai sucessor de Goranger que ia mal de audiência. Sua estréia como Shokichi Banba/Big One no episódio 23 da série, foi ao ar apenas 4 dias depois do final de Zubat.
Ao contrário do que se pensa, Big One não era um simples protótipo de membro adicional de sentai, uma tradição que começou com Zyuranger. Big One praticamente tornou-se o protagonista da série, enquanto os componentes originais de JAKQ foram relegados a um segundo plano.

Muitos acusaram Big One pela série ter se tornado mais leve, mas na verdade isso é uma injustiça; JAKQ começou com uma proposta extremamente séria e violenta, e, talvez por isso, não tenha conseguido bons índices. Já por volta do décimo segundo episódio JAKQ já começou sua trilha de tornar-se mais palatável para a audiência. O filme Gaoranger vs. SuperSentai, produção de 2001 que comemorava os 25 do gênero trouxe Banba/Big One de volta.

Em 1978 Miyauchi apareceu nos episódios 31 e 39 de Spiderman, interpretando Go Tachibana, personagem que guarda muitas semelhanças com Ken Hayakawa.

Sua participação em Gavan como o policial do espaço Alan foi curta (dois episódios), mas marcante o suficiente para que Miyauchi fosse convidado a dublar o personagem no vídeo-game Uchuu Keiji Spirits, de 2006.

Como o tempo passa para todos – até para Miyauchi, ele passou a interpretar papéis mais condizentes com a idade, como o Chefe Masaki nas séries Winspector e Solbrain (também apareceu nos episódios 47 a 49 de Exceedraft, que fechou a trilogia dos heróis de resgate.) Em 95 Miyauchi assumiu outro papel de comando: o Chefe Miura em Ohranger.

Miyauchi tem uma página no site da central de atores da Toei.

Sempre mostrando orgulho pela sua trajetória como ator de tokusatsu, Miyauchi com certeza sempre dignificou ao máximo esse tipo de produção.

2 comentários:

Barutt disse...

Parabéns ao homem! Sou fã de todos os atores de toku da era showa! era uma verdadeira batalha pra gravarem com pouco orçamento e tudo mais, além de que eram bem esforçados! Parabéns!

Renata Cezimbra disse...

A frase inicial desse texto é da minha autoria, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

Gostou? divulgue a gente!